sábado, 15 junho 2024
- Publicidade - spot_img
HomeDFCorreios fazem leilão de 61 mil itens que não foram entregues aos...

Correios fazem leilão de 61 mil itens que não foram entregues aos destinatários

Date:

Related stories

Vítima de feminicídio morreu esfaqueada na frente do filho, de 4 anos

Oitava vítima de feminicídio no Distrito Federal em 2024,...

Feminicídio: saiba quem é a mulher morta a facadas na frente do filho

Mãe de três filhos, Jainia Delfina de Assis, 42...

Ciclistas relatam rotina de perigo em treinos no Parque da Cidade

Atletas profissionais de ciclismo e triathlon da capital federal...

Feminicídio: mulher morta tinha medida protetiva contra companheiro

Jainia Delfina de Assis, de 42 anos, foi encontrada...

PMDF encontra mulher morta dentro de casa no meio de poça de sangue

Uma mulher de 42 anos foi encontrada morta dentro...
spot_img

Os Correios vão leiloar, na próxima segunda-feira (27), 61 mil itens que não puderam ser entregues aos destinatários ou foram devolvidos ao serviço de transporte de encomendas. A lista de produtos inclui roupas, livros, acessórios para carros e equipamentos eletrônicos. Os lances iniciais variam de R$ 1.303 a R$ 85.050.

Para participar do pregão, os interessados devem se cadastrar na plataforma Licitações-e do Banco do Brasil. Após a conclusão dessa etapa, pessoas físicas e jurídicas conseguem enviar propostas de forma eletrônica para participar da disputa online.

O edital com todas as informações está disponível na plataforma Licitações-e, pelo nº 893602, e também na página de licitações dos Correios. Basta fazer a busca por modalidade “Licitações Correios Aberta” e escolher “São Paulo Metropolitana” na coluna “dependência”.

Também é permitida a visitação presencial aos lotes. Os itens estão armazenados no bloco 1 do edifício dos Correios, em São Paulo, localizado na Rua Mergenthaler, 592. As visitas devem ser agendadas pelo telefone: (11) 4313-8150.

Lotes

Os objetos leiloados são classificados como refugos, ou seja, aqueles que não foram reclamados por destinatários ou remetentes e que o prazo de direito à reclamação prescreveu, de sete a 30 dias, a depender do objeto. As regras foram estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor.

Segundo o chefe do departamento de infraestrutura dos Correios, Thiago Meireles, serão ofertados dez lotes, que são indivisíveis.

“Então, a pessoa que der lance a um lote é o lote todo, não serão aceitos lances para itens específicos”, explica Thiago.

Itens à venda

Entre os bens disponíveis, o de maior volume e valor, segundo os Correios, é um lote de celulares, vendido junto com acessórios, como capas, carregadores, fones de ouvido e tripés. Além disso, há também:

  • utensílios para casa: itens de decoração, de artesanato e antiguidades;
    roupas de cama, mesa e banho, além de camisetas, sapatos e bonés;
  • câmera fotográfica;
  • notebooks;
  • impressoras;
  • vídeo-games e jogos eletrônicos;
  • artigos infantis: brinquedos, cadeirinhas para carros, carrinhos de bebê;
    acessórios para veículos: pneus de carros e motos, capacetes, ferramentas e rádios.

Os recursos arrecadados com o leilão, segundo os Correios, vão contribuir para que a empresa pública “amplie a capacidade de investimentos, resultando em melhorias nos serviços e produtos prestados aos clientes”.

Fonte: G1.

Assine

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Últimas notícias

-Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here