sábado, 15 junho 2024
- Publicidade - spot_img
HomeTempoEstação seca se instala e DF terá semana de calor e baixa...

Estação seca se instala e DF terá semana de calor e baixa umidade

Date:

Related stories

Vítima de feminicídio morreu esfaqueada na frente do filho, de 4 anos

Oitava vítima de feminicídio no Distrito Federal em 2024,...

Feminicídio: saiba quem é a mulher morta a facadas na frente do filho

Mãe de três filhos, Jainia Delfina de Assis, 42...

Ciclistas relatam rotina de perigo em treinos no Parque da Cidade

Atletas profissionais de ciclismo e triathlon da capital federal...

Feminicídio: mulher morta tinha medida protetiva contra companheiro

Jainia Delfina de Assis, de 42 anos, foi encontrada...

PMDF encontra mulher morta dentro de casa no meio de poça de sangue

Uma mulher de 42 anos foi encontrada morta dentro...
spot_img

Sol forte, céu azul e muito calor. O clima quente e seco tomou conta do fim de semana na capital federal. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o índice de umidade relativa do ar registrado no período está entre os mais baixas do ano, perdendo apenas para o dia 20 de julho, quando a taxa chegou a 13%, em Brazlândia. No ranking, domingo ficou como o segundo dia mais seco do ano, registrando 15% de umidade. Sábado, ocupou o terceiro, com 16%.

As baixas taxas fizeram com que o Inmet emitisse um alerta laranja no Distrito Federal e, de acordo com o meteorologista Mamedes Luiz, o sol não dará trégua durante a semana. “Os próximos dias vão ser bem quentes. Estamos prevendo temperaturas máximas de 30ºC, podendo chegar a 32ºC. Será uma semana quente e seca. A umidade continua abaixo dos 20%. Então, o risco de incêndio é extremamente elevado. Vai ser uma semana bastante delicada, sem previsão de chuva”, pontua.

De acordo com o índice de nível de medição da Defesa Civil, quando a umidade relativa do ar varia entre 12% e 20% por dois dias consecutivos, a cidade entra em estado de alerta. Nesses casos, a orientação da Defesa Civil é beber, pelo menos, seis copos d’água por dia, pingar duas gotas de soro fisiológico em cada narina, ter toalhas molhadas e bacias de água nos quartos, usar roupas leves e, se possível, de algodão. Também faz parte das recomendações não fazer exercícios físicos entre 10h e 17h. Também recomenda-se não queimar de lixo ou entulho.

Segundo o meteorologista Mamedes Luiz, a queda na umidade relativa do ar é comum nos meses de agosto e setembro. “Na climatologia, ela tende a seguir esse caminho. Agosto e setembro normalmente registram baixa umidade no DF. O que faz com que ocorra essa queda é a massa de ar seco que predomina na região durante o período”, diz. Mamedes Luiz explica, ainda, que a elevação da temperatura se justifica pelas poucas nuvens, condição climática comum de se ver no mês de agosto. “Na madrugada, fica friozinho, porque há queda na temperatura durante a noite, mas ao longo do dia começa a esquentar e a amplitude térmica torna-se maior”, diz.

Hoje, o DF deve variar entre 16ºC e 28ºC, com poucas nuvens no céu e névoa seca, fenômeno meteorológico que ocorre quando está muito quente e com baixa umidade, fazendo a visibilidade oscilar. Segundo Olívio Bahia, o DF segue em estiagem: a última chuva registrada na capital foi em 14 de junho, e não há previsão de precipitação de água nos próximos dias.

Fonte : Correio Braziliense.

Assine

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Últimas notícias

-Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here