sábado, 18 maio 2024
- Publicidade - spot_img
HomeBrasíliaVídeo: mãe invade escola no DF e ataca professora do filho com...

Vídeo: mãe invade escola no DF e ataca professora do filho com socos

Date:

Related stories

DF: Ibaneis e autoridades participam de Festa do Divino Espírito Santo

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), participou...

Construção irregular derrubada pela DF Legal tinha até escritura falsa

A Secretaria DF Legal desarticulou, nessa sexta-feira (17/5), mais...

Vídeo: homem se muda e deixa cães para morrer em casa abandonada no DF

Equipes da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra os...

DF: ⁠briga entre moradores e condomínio irregular vira caso de Justiça

A ocupação de uma área pública de propriedade da...

Brutal: chefe de facção explodia rivais com dinamite e mina terrestre

Dono de uma trajetória tão emblemática quanto violenta, um...
spot_img

Uma mulher de 25 anos foi detida, na tarde da última terça-feira (23/4), após atacar com socos uma professora e um monitor da Escola Classe 803, no Recanto das Emas. A agressora é mãe de um aluno do centro educacional. O crime não teve motivação clara, uma vez que ela se mostrava bastante alterada e aparentava estar em surto psicótico.

Imagens mostram a mãe, que acumula várias passagens criminais, chegando à escola após o fim do turno matutino. Ela entra em uma sala de aula em que a antiga professora do seu filho estava, puxa a docente pelos cabelos e, em seguida, desfere alguns socos contra o rosto da profissional. Um monitor também acabou agredido, após tentar impedir os golpes da mulher. Os atos de violência não chegaram a ser capturados pelas câmeras.

Veja as imagens:

A infratora saiu da escola rapidamente após o ataque de fúria. As vítimas foram até a 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas) e registraram boletim de ocorrência. A mãe da agressora, avó do aluno, também foi detida por ter ameaçado a professora por meio de mensagens. As duas assinaram termo de compromisso, para se apresentarem posteriormente à Justiça, e foram liberadas em seguida.

Fernando Fernandes, delegado-chefe da 27ª DP, comenta que a avó da criança indicou que acabou sendo influenciada pelo comportamento da filha. Ela deve responder pelo crime de ameaça.

O delegado ressalta que a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) continua acompanhando o caso. “Seguimos fazendo rondas na escola, nesta e em outras que já fazemos, para evitar servidores públicos sejam alvos de fúria de pessoas por motivos diversos.”

 

Assine

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Últimas notícias

-Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here