Histórias na Sua Escola – formação de jovens autores na rede pública de ensino.

0
44

Volta às Aulas: projeto “História na sua Escola” propõe vivências literárias para formação de jovens autores na rede pública de ensino.

Iniciativa contemplará mais de 5 mil estudantes de 31 regiões administrativas do DF

Com o objetivo de estimular atividades artísticas e literárias no ambiente escolar, 40 unidades da rede pública de ensino do Distrito Federal recebem as atividades do projeto “História na sua Escola”. Realizada pelo Instituto Latinoamerica e pela ABÈBÈ Produções, a iniciativa promove debates com autores de livros infanto-juvenis e contação de histórias, além de um concurso literário. A programação tem início em 14 de março e contempla alunos da educação infantil e do ensino fundamental I e II. Ao fim das atividades, serão doados 1.900 livros.

O projeto “História na sua Escola” pretende levar para a sala de aula, a partir da arte, questões socioambientais, que serão trabalhadas junto ao currículo escolar. Em virtude da pandemia de covid-19, as atividades serão realizadas de forma on-line, em escolas de 31 regiões administrativas do DF (exceto o Plano Piloto). O material será disponibilizado para o público no canal do Instituto Latinoamerica, no YouTube, após o término do projeto nas escolas.

“A ideia é deixar uma semente que germine e motive a escola a gerar ações como essa. Queremos trazer estímulos para que eles contem suas próprias histórias e sintam-se motivados a isso, ao mesmo tempo em que mobilizamos estudantes, pais e a comunidade escolar em prol da literatura “, explica Ester Braga diretora a ABÈBÈ Produções uma das idealizadoras do projeto.

PROGRAMAÇÃO NAS ESCOLAS

Cinco autores foram convidados para participar da contação de histórias e dos bate-papos online. Além das histórias, contadas em linguagens adaptadas às faixas etárias dos alunos, por Taicy Ávila, Nyedja Gennari, Rego Junior, Queila Branco e Ângela Café, os estudantes poderão conhecer um pouco mais sobre o universo da literatura com os escritores Simão de Miranda, Marco Miranda, Nurit Bensusan, Flávia Ribas e José Rezende Jr..

“Esses bate-papos são muito importantes para que os alunos percebam que os autores são pessoas como eles e possam se identificar e projetar essa vivência na criação de seus próprios conteúdos artísticos e literários”, avalia Tino de Freitas, curador do projeto. Cada escola, receberá para sua biblioteca 10 livros dos autores participantes. Ao todo, serão doados 400 exemplares.

CONCURSO LITERÁRIO

De 1º de março a 1º de abril, a organização recebe o material selecionado pelas escolas. Os alunos da educação infantil, ainda não letrados, farão ilustrações de animais do Cerrado. Já o ensino fundamental I terá como mote “Diversidade e Inclusão”.  Os estudantes do ensino fundamental II escreverão sobre os “Patrimônios Culturais Imateriais” brasileiros, que apontam as diversidades que existem nas formas de expressão, nas celebrações e nos modos de fazer, registrados de Norte a Sul do país.

O objetivo, segundo a coordenadora do projeto, Ester Braga, é que o concurso revele aos jovens autores um talento que eles ainda desconheciam em si mesmos para a produção de conteúdo literário. As histórias serão avaliadas por escritores renomados, indicados ao Prêmio Jabuti, e os textos vencedores se tornarão um livro. O autor Tino Freitas escreverá poemas para as ilustrações vencedoras na categoria Educação Infantil, enquanto Romont Willy e Felipe Cavalcante ilustrarão as histórias produzidas pelos estudantes do Ensino Fundamental. Cada escola vencedora, receberá 500 exemplares da edição final, totalizando 1500 livros.

Serviço:
Histórias na Sua Escola
Quando: Contação de Histórias a partir de 14 de março | Concurso literário: a partir de 01 de março
Onde: 40 escolas – educação infantil, ensino fundamenta I e II
Doação de livros: 400 livros dos escritores participantes + 1500 exemplares da edição final do concurso. Total doado: 1.900 livros
Informações para imprensa: 61 98343-7369 –  Bárbara de Alencar

Agenda Cultural.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui