sábado, 15 junho 2024
- Publicidade - spot_img
HomeEconomiaChineses importam menos 14,43% em carnes no mês de julho

Chineses importam menos 14,43% em carnes no mês de julho

Date:

Related stories

Suspeito de feminicídio já foi preso por homicídio e crimes sexuais

Wederson Aparecido Ananias de Moura, 36 anos, é considerado...

Em polêmica dos hospitais, CLDF publica nota contra CFM: “Intimidação”

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) emitiu nota...

Vítima de feminicídio morreu esfaqueada na frente do filho, de 4 anos

Oitava vítima de feminicídio no Distrito Federal em 2024,...

Feminicídio: saiba quem é a mulher morta a facadas na frente do filho

Mãe de três filhos, Jainia Delfina de Assis, 42...

Ciclistas relatam rotina de perigo em treinos no Parque da Cidade

Atletas profissionais de ciclismo e triathlon da capital federal...
spot_img

A China importou 854.000 toneladas de carne em julho, queda de 14,43% em relação ao mesmo mês do ano anterior, mostraram dados alfandegários no final de semana, uma vez que os fracos preços domésticos de carne suína pesaram sobre a demanda por importações.

As importações de carnes no período de janeiro a julho totalizaram 5,93 milhões de toneladas, mostraram os dados da Administração Geral das Alfândegas da China, acima das 5,75 milhões de toneladas nos primeiros sete meses de 2020.

No entanto, as importações de julho aumentaram em relação às 743.000 toneladas de junho.

Os preços domésticos da carne suína caíram pela metade desde o início deste ano, devido aos grandes volumes de importação e à medida que a produção aumentou com esforços para expandir as criações depois que a peste suína africana dizimou os rebanhos. (Com Reuters).

Fonte: Forbes.

Assine

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Últimas notícias

-Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here