sexta-feira, 19 julho 2024
- Publicidade -
HomeBrasíliaDe “bandido” a “melhor advogado”: as desculpas de empresário a Zanin

De “bandido” a “melhor advogado”: as desculpas de empresário a Zanin

Date:

Related stories

Conselho vota indicação de faixa de pedestre a Patrimônio Cultural Imaterial

Decisão sobre reconhecimento será tomada nesta sexta (19), às...

Sancionada Lei que cria os Conselhos de Juventude do DF

A Lei 7.529/2024, sancionada pelo GDF, foi apresentada pela...

Israel aprova resolução contra criação de Estado palestino

Texto obteve 68 votos a favor, em um Parlamento...

Haddad antecipa anúncio e diz que governo vai congelar R$ 15 bi em despesas

“São R$ 3,8 bilhões de contingenciamento e R$ 11,2...
spot_img

Após filmar e hostilizar o então advogado Cristiano Zanin, em janeiro de 2023, o empresário Luiz Carlos Bassetto Júnior (foto em destaque), publicou pedidos de desculpas ao agora ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em um vídeo veiculado no último sábado (11/5), Luiz diz que o ministro é um “excelente advogado” e pede desculpas pelo que fez.

Na data em que o ataque aconteceu, Zanin foi abordado pelo empresário enquanto escovava os dentes no Aeroporto de Brasília. Na gravação, feito por ele próprio, Luiz se dirigiu ao ministro com termos como “bandido”, “safado” e “vagabundo”.

“Declaro publicamente que o advogado e atual ministro Cristiano Zanin não faz jus às palavras ditas por mim naquele dia. Ele não é o pior advogado que possa existir; pelo contrário, [é] um excelente advogado e, hoje, exerce o cargo de ministro em razão de sua competência. [Eu] me arrependo, ainda, de todas as demais ofensas proferidas na oportunidade, que deixarei de mencioná-las. Minhas sinceras desculpas”, declarou Luiz Carlos Bassetto na gravação.

Assista:

No vídeo, o empresário ainda pede perdão a um grupo específico: “Endereço minhas desculpas, também, a toda a advocacia – pois o ato que pratiquei se dirigiu a um advogado que, na oportunidade, apenas exercia regularmente sua profissão –, de modo que minha retratação também os alcance”.

A atitude de Luiz decorreu de um acordo firmado durante a audiência de conciliação sobre o caso. No processo que tramitou na 6ª Vara Criminal do Distrito Federal, o empresário foi acusado de difamar e cometer injúria contra a vítima.

Em dezembro de 2023, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) apresentou queixa-crime contra o empresário por calúnia, injúria e difamação. A instituição também pediu indenização por danos morais, no valor de R$ 150 mil

Em fevereiro último, a defesa do ministro chegou a cobrar que Luiz Carlos se retratasse em vídeo e publicasse a gravação nos “mesmos meios de divulgação em massa pelos quais as ofensas foram praticadas”.

Vídeo do ataque

Na data do episódio, Luiz Carlos Bassetto Júnior chamou Cristiano Zanin de “o pior advogado que pode existir”, além de “corrupto” e “safado”. A vítima, porém, não respondeu às agressões.

As imagens, que circularam nas mídias sociais, incluíam outro trecho da fala do empresário: “Vontade de meter a mão na orelha de um cara desses”.

Assista:

Assine

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Últimas notícias

-Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here