sexta-feira, 19 julho 2024
- Publicidade -
HomeMundoTalibã diz que cercou a única província ainda não dominada e retomou...

Talibã diz que cercou a única província ainda não dominada e retomou 3 distritos de milícias

Date:

Related stories

Conselho vota indicação de faixa de pedestre a Patrimônio Cultural Imaterial

Decisão sobre reconhecimento será tomada nesta sexta (19), às...

Sancionada Lei que cria os Conselhos de Juventude do DF

A Lei 7.529/2024, sancionada pelo GDF, foi apresentada pela...

Israel aprova resolução contra criação de Estado palestino

Texto obteve 68 votos a favor, em um Parlamento...

Haddad antecipa anúncio e diz que governo vai congelar R$ 15 bi em despesas

“São R$ 3,8 bilhões de contingenciamento e R$ 11,2...
spot_img

O Talibã anunciou nesta segunda-feira (23) que cercou o Vale de Panjshir, a única das 34 províncias do Afeganistão que ainda resiste à tomada de poder, além de ter retomado o controle de três distritos na província de Baghlan.

Mas o grupo extremista diz que deseja negociar em vez de combater a resistência que tem se formado no vale íngreme, montanhoso e de difícil acesso que nem os soviéticos na década de 80 nem os talibãs na década de 90 conseguiram conquistar.

A capital de Panjshir é Bazarak, que fica a apenas 120 km a nordeste da capital afegã (a cerca de duas horas de carro a nordeste da capital Cabul).

Os distritos retomados são os de Bano, Deh Saleh e Pul e-Hesar, na província de Baghlan, que faz divisa com o Panjshir.

Eles haviam sido tomados por milícias locais na semana passada, em um dos primeiros sinais de resistência armada ao Talibã, que voltou ao poder após 20 anos.

É no Panjshir que estão dois líderes que se levantaram contra o Talibã: Ahmad Massoud, filho de 32 anos do lendário comandante Massoud, e Amrullah Saleh, primeiro vice-presidente afegão que diz ser o ”legítimo presidente interino” do país.

Saleh, que era um dos assessores mais próximos do pai de Massoud, afirmou na terça-feira (17) que ”em hipótese alguma se curvaria” ao ”terroristas do Talibã”  e fez um apelo aos afegãos: “Juntem-se à resistência”.

Massoud tem usado a imprensa ocidental para pedir ajuda, escrevendo no jornal americano “The Washington Post” e na revista francesa “La Règle du jeu” (“A regra do jogo”, em tradução livre), fundada pelo escritor Bernard Henri-Lévy.

Fonte: G1.

Assine

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Últimas notícias

-Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here