quinta-feira, 25 abril 2024
- Publicidade - spot_img
HomeBrasíliaVeja momento em que abusador é preso por apalpar nádegas de menina

Veja momento em que abusador é preso por apalpar nádegas de menina

Date:

Related stories

DF: Receita desarticula esquema de sonegação com rombo de R$ 98 mi

Receita do Distrito Federal desarticulou um esquema de sonegação...

“Estamos arrasados”, diz marido de grávida que morreu sem atendimento

“Estamos até agora sem entender por que tudo isso...

Deputado propõe uso de emendas para contratação de vigilantes no DF

O deputado Joaquim Roriz Neto (PL) apresentou um Projeto...

Adolescente é atacada por cachorro no DF e é ferida no pescoço

Uma adolescente, de 18 anos, foi atacada por um...
spot_imgspot_img

Policiais civis de Goiás que cumpriram mandado de prisão preventiva contra Clidisney Rocha de Jesus, 22 anos, procurado até então por apalpar as nádegas de uma menina, registraram o momento em que prenderam o investigado. O crime ocorreu em Formosa (GO), no Entorno do Distrito Federal.

Acusado de cometer ao menos sete crimes de importunação sexual, especialmente contra vítimas menores de idade, Clidisney foi detido na última quinta-feira (29/3). Ele havia sido condenado e preso em agosto 2023, mas deixou a cadeia no fim do mesmo ano.

As imagens do momento da prisão mostram as equipes de policiais à paisana, pouco depois de avistarem o abusador na rua. Em seguida, eles param em frente a uma casa, arrombam o portão do imóvel e dão voz de prisão ao foragido. A ação durou menos de dois minutos.

Assista:

 

Clidisney Rocha de Jesus

Após a denúncia do caso mais recente, investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Formosa, a Polícia Civil de Goiás (PCGO) pediu a prisão preventiva de Clidisney para proteção da ordem pública, e a Justiça acolheu o pedido.

Antes de encontrá-lo, a PCGO havia divulgado a imagem e o nome do investigado, para identificação de eventuais outras vítimas e de possíveis testemunhas dos crimes.

A polícia goiana disponibilizou a central para denúncias, que atende 24 horas, por meio do telefone 197 ou pelo WhatsApp (62) 985-818-197. O repasse de informações se dá sob sigilo.

Assine

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Últimas notícias

-Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here