quinta-feira, 25 abril 2024
- Publicidade - spot_img
HomeBrasíliaCom arma, adolescentes quebram e roubam doses de vacina no DF

Com arma, adolescentes quebram e roubam doses de vacina no DF

Date:

Related stories

DF: Receita desarticula esquema de sonegação com rombo de R$ 98 mi

Receita do Distrito Federal desarticulou um esquema de sonegação...

“Estamos arrasados”, diz marido de grávida que morreu sem atendimento

“Estamos até agora sem entender por que tudo isso...

Deputado propõe uso de emendas para contratação de vigilantes no DF

O deputado Joaquim Roriz Neto (PL) apresentou um Projeto...

Adolescente é atacada por cachorro no DF e é ferida no pescoço

Uma adolescente, de 18 anos, foi atacada por um...
spot_imgspot_img

Dois adolescentes de 16 anos vandalizaram um posto de vacinação contra a Covid-19, derrubando e quebrando as seringas que seriam utilizadas para imunização, no Centro Olímpico em Planaltina. Um deles fugiu com frascos. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (26) e a Polícia Militar foi acionada.

Segundo informações iniciais, a dupla foi até o local receber a vacina, mas a Secretaria de Saúde do Distrito Federal só está imunizando pessoas acima de 17 anos. Irritados com a recusa dos profissionais em aplicar as doses, eles começaram a derrubar e chutar caixas com os produtos.

Lucilene Soares, biomédica e uma das responsáveis pela vacinação no local, detalhou o ocorrido. “Eles entraram por outro portão, da saída, derrubaram mesas, pegaram frascos. Um deles pegou quatro (frascos) da Pfizer. Em cada frasco da Pfizer, são seis doses. Também pegaram quatro da Butantan, que têm dez doses, cada. Ainda espalharam as seringas pelo chão”, disse.

Segundo moradores da região, o adolescente que conseguiu pegar os frascos estava armado. Ele conseguiu fugir com os produtos, mas deixou cair celular e documentos, e militares já estão em busca do jovem.

“O outro já está na DCA (Delegacia da Criança e do Adolescente), detido. Isso é muito sério, as vacinas são controladas. Hoje mesmo cheguei para trabalhar 6h30, para deixar tudo organizado para os pacientes, para ter conforto, e a gente passa por isso. A gente organiza tudo para não ter nada errado e acontece isso”, lamentou Lucilene.

Fonte : R7.

Assine

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Últimas notícias

-Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here