sexta-feira, 19 julho 2024
- Publicidade -
HomeDestaqueEsposa de Durval Barbosa diz que ele teria tentado jogá-la de viaduto

Esposa de Durval Barbosa diz que ele teria tentado jogá-la de viaduto

Date:

Related stories

Conselho vota indicação de faixa de pedestre a Patrimônio Cultural Imaterial

Decisão sobre reconhecimento será tomada nesta sexta (19), às...

Sancionada Lei que cria os Conselhos de Juventude do DF

A Lei 7.529/2024, sancionada pelo GDF, foi apresentada pela...

Israel aprova resolução contra criação de Estado palestino

Texto obteve 68 votos a favor, em um Parlamento...

Haddad antecipa anúncio e diz que governo vai congelar R$ 15 bi em despesas

“São R$ 3,8 bilhões de contingenciamento e R$ 11,2...
spot_img
Casal bateu o carro após discussão; esposa diz que Durval a puxou como se quisesse jogá-la de viaduto
Imagem colorida de Durval Barbosa e sua esposa

Fernanda Gabriela de Jesus Souza, esposa do delegado aposentado da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Durval Barbosa, acusa o marido de agressão após uma crise de ciúmes. O casal brigou na noite desta quarta-feira (12/6), Dia dos Namorados, bateu o carro e quase protagonizou uma tragédia, segundo a mulher.

A coluna Na Mira apurou que, depoimento à PCDF, Fernanda disse que os dois já haviam brigado na terça-feira (11/6). Na ocasião, ela teria pedido que Durval fosse embora de casa. Os ânimos se acalmaram, mas nessa quarta, teria surgido um novo desentendimento. Eles foram juntos à sessão de terapia e depois à academia. Na volta dos compromissos, começaram a discutir.

Na delegacia, Durval ficou inicialmente em silêncio e disse que só falaria na presença da advogada dele. Depois, já com a defensora na DP, o ex-delegado decidiu falar. Na versão dele, depois da sessão de terapia, Fernanda contou que queria usar cocaína e que eles foram buscar um lugar afastado. Neste momento, a mulher teria dirigindo o carro de maneira perigosa, causando o acidente.

Relação turbulenta

Durval e Fernanda se casaram em janeiro deste ano, no cartório de um shopping da área central de Brasília. Eles já foram casados antes, mas se separaram após uma briga que levou a moça – que tinha 26 anos à época – a esfaqueá-lo no abdômen. Ela acabou presa na ocasião.

Fernanda foi solta depois de sete meses e, posteriormente, absolvida pela Justiça da acusação de tentativa de homicídio. Um laudo de exame psiquiátrico indicou que “a capacidade de entendimento e a de autodeterminação da ré se encontravam abolidas”, ou seja, a jovem não estava em condições de compreender o que fez

Fonte : Site Metrópoles

Assine

- Nunca perca uma história com notificações

- Obtenha acesso total ao nosso conteúdo premium

- Navegue gratuitamente em até 5 dispositivos ao mesmo tempo

Últimas notícias

-Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here