O vídeo foi gravado no mesmo quarto do último vídeo que veio à tona, em que desafia a polícia e chama os integrantes do Porta dos Fundos de “criminosos, marginais, são bandidos”. Na nova mensagem, o suspeito indica que ela foi gravada nos últimos dias, já que cita que “nessa semana” foi encontrado em sua casa no Rio de Janeiro o livro “O imbecil coletivo”, de Olavo de Carvalho.

No início do novo vídeo, Fauzi afirma que Fábio Porchat é hipócrita ao dizer que as reações negativas ao Especial de Natal do grupo humorístico são homofobia e que o ator não estaria em seu “lugar de fala”. Sobre Lula, o integralista diz: “Quando Lula diz que um menor não pode ser violentado pela polícia por roubar um celular, isso é um absurdo!”. Quanto a Guilherme Boulos, Fauzi afirma que o líder sem-teto “vive de invadir propriedade particular, extorquir pessoas, e ninguém fala nada”.

Leia na íntegra na Revista Fórum

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui